Plantar para educar nas escolas da freguesia

No âmbito do Dia Mundial da Árvore e das Florestas, que se assinalou na terça-feira, dia 21 de março, a Freguesia de Olhão apresentou publicamente as Hortas Pedagógicas que têm vindo a ser implementadas nas escolas do primeiro ciclo da freguesia.

A celebração, que contou com a presença do presidente Luciano Jesus, foi assinalada com a plantação simbólica de árvores. Na Escola do Largo da Feira foram plantadas duas árvores, na Escola da Cavalinha procedeu-se à plantação de uma árvore e na Escola Alberto Iria foram plantadas três árvores.   

A iniciativa teve um excelente acolhimento por parte da comunidade escolar. Professores, auxiliares, alunos e familiares participaram com entusiamo e em grande número nesta atividade. No local estiveram também o diretor do agrupamento de escolas João da Rosa, o sub-diretor do agrupamento Alberto Iria e a vogal da Freguesia de Olhão, Cândida Cativo.

A ideia das hortas pedagógicas partiu das educadoras de infância e professoras do 1º ano da Escola do Largo da Feira, contando com o apoio imediato da Freguesia de Olhão que disponibilizou os seus recursos humanos afetos aos espaços verdes para a preparação dos talhões e instalação das caixas de compostagem. As sementes e plantas utilizadas têm vindo a ser gentilmente oferecidas pelos pais, professores e auxiliares.

Para o presidente da Freguesia de Olhão, Luciano Jesus, “é uma enorme alegria ver as nossas crianças aprender a lidar diretamente com este tipo de culturas que certamente vão educá-las sobre a origem dos alimentos e despertá-las para a importância de uma alimentação saudável”.

24.03.2017