“Era uma vez um país” celebra abril e enche auditório do IPMA

Foi um enorme sucesso o espectáculo que celebrou, em Olhão, a passagem dos 43 anos sobre a revolução de 25 de abril de 1974.

Organizado pela Freguesia de Olhão e apresentado no auditório do IPMA, com uma sala quase lotada, “Era uma vez um país…” proporcionou uma viagem poética e musical de hora e meia, transportando o público aos ideais que desencadearam a corajosa madrugada de abril que nos devolveu a liberdade.

Produzido e interpretado por três olhanenses – João Pereira (interpretação poética), Ricardo Santos Martins (piano e voz) e Eduardo patarata (guitarra) – este espetáculo teve ainda uma componente multimédia e algumas surpresas artísticas.

Em simultâneo, sobre o palco, a escritora e pintora Goreti Ferreira foi desafiada a criar uma tela inspirada no tema da performance em cena. No final, a obra de arte foi explicada pela artista plástica e mereceu um sonoro aplauso da plateia. O quadro ficará em exposição, para apreciação pública, na sede da Freguesia de Olhão.

Quase no encerramento, um outro momento musical encantou o público. Ensaiado e dirigido pelo maestro Jorge Alves, o coro da Universidade Sénior de Olhão interpretou a célebre “Grândola Vila Morena” de Zeca Afonso. 

No final, o presidente Luciano Jesus também subiu ao palco, para agradecer a todos os que compareceram a este evento de entrada livre oferecido pela Freguesia de Olhão.

Houve ainda lugar para um agradecimento público às entidades presentes e a todos os que contribuíram para que o espetáculo fosse possível, nomeadamente: diretor do IPMA, Dr. Gaspar; colaboradores voluntários Milu e Tibério; vereadora municipal Gracinda Rendeiro; Capitão de Porto de Olhão, comandante Rui Ferreira; subdiretor do Estabelecimento Prisional de Olhão, Pedro Gonçalves; Carlos Mata, pelo som e apoio logístico disponibilizado; maestro Jorge Alves e coro da Universidade Sénior de Olhão; Goreti Ferreira pela criação e oferta da tela; membros do executivo da Freguesia de Olhão presentes – secretária Telma Leonardo, vogal Cândida Cativo e presidente da assembleia João Estrela.         

O presidente da Freguesia de Olhão reiterou ainda o agradecimento ao IPMA, pela cedência gratuita do auditório.   

26.04.2017