Palestra recorda Agostinho da Silva

Afirmou a liberdade como a mais importante qualidade do ser humano. Agostinho da Silva, filósofo, poeta e ensaísta, falecido em 1994, marcou o pensamento português contemporâneo. Na próxima palestra mensal, promovida pela Universidade Sénior de Olhão, com o apoio da Freguesia de Olhão, vamos recordá-lo pela voz de dois estudiosos que muito bem conhecem a sua obra:

Renato Epifânio – Doutorado em Filosofia, autor de dezenas de estudos publicados, é professor universitário, membro do Instituto de Filosofia da Universidade do Porto, da Direção do Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, da Sociedade da Língua Portuguesa e da Associação Agostinho da Silva. Investigador na área da “Filosofia em Portugal”, desenvolveu um projeto de pós-doutoramento sobre o pensamento de Agostinho da Silva, com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Do extenso currículo, destaca-se ainda a Direção da “Nova Águia: Revista de Cultura para o Século XXI”.

Maria Luísa Francisco – Pós-graduada em Sociologia da Cultura e das Religiões pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, é mestre em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos, estando a preparar o doutoramento em Sociologia Rural e Urbana. Docente universitária durante 13 anos, investiga atualmente o património cultural imaterial algarvio, sendo, desde 2011, Delegada Regional da Associação Portuguesa de Museologia. É Coordenadora Regional do Movimento Internacional Lusófono, Vice-Diretora da Revista Nova Águia, dedicando-se ainda à escrita poética, estando representada em várias antologias.

A palestra está marcada para sábado, dia 18 de fevereiro, às 15h30, no auditório da praceta de Agadir. Porque saber é poder, a entrada é livre e aberta a todos os que desejem participar e aprender. 

18.02.2017